Gravidade

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Reddit 0 StumbleUpon 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Email -- Buffer 0 0 Flares ×
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Gravidade ou gravitação é uma força que regula os objetos em repouso. As conclusões sobre a existência da força da gravidade resultam da pesquisa de Isaac Newton (1642-1727) e foram aperfeiçoadas pelos estudos de Albert Einstein (1879-1955).

Isaac Newton
Isaac Newton

Conforme os relatos históricos, Newton, ao observar uma maçã cair de uma árvore, concluiu que, se a fruta e todos os outros corpos são atraídos para a Terra sem que tenham qualquer velocidade inicial, a Terra deveria ter uma força de atração que os obrigassem a cair em sua direção.

Esta é a mesma que mantém a Lua em órbita ao redor da Terra. O mesmo ocorre com o Sol que, por sua vez, exerce a força de atração para manter a Terra e os demais planetas ao seu redor.

Newton concluiu a existência de uma força de atração mútua entre todos os corpos, a qual dependeria de suas massas. Em 1666, Newton foi o primeiro a perceber a lei fundamental que seria básica para a compreensão de vários fenômenos, antes inexplicáveis, que ocorrem no universo – a gravitação universal.

Leis de Newton

As Leis do Movimento, de Newton, foram publicadas no livro “Princípios Matemáticos da Filosofia Natural ou da Ciência”. Conforme a Primeira Lei de Newton: um corpo em repouso permanece em repouso se não é forçado a mudar.

Já um corpo que se move continuará a se mover com a mesma velocidade e no mesmo sentido, se não for forçado a mudar.

Segunda Lei de Newton: a força que atua sobre um objeto é igual à massa do objeto vezes a sua aceleração.

A Terceira Lei de Newton, chamada Lei da Ação e Reação, estabelece que todas as vezes que um objeto1 exerce uma força sobre outro objeto2, este outro objeto2 vai exercer uma força igual no sentido contrário sobre o objeto1.

Assim, as forças não se equilibram porque são aplicadas sobre corpos diferentes.

Lei da Gravitação Universal

A mais extraordinária de suas leis foi a da gravitação universal, quando Newton provou que cada partícula de matéria atrai outras partículas de matéria.

Não é só a Terra que puxa para seu centro a maçã da árvore, mas também a maçã puxa a Terra.

Essa lei aplica-se a todos os planetas. O Sol puxa, ou atrai a Terra, esta atrai a Lua, e a Lua atrai a Terra. Newton mostrou que a força entre os corpos depende de sua massa, assim como da proximidade deles.

Força da Gravidade

Ao formular a lei da gravidade, Newton considerou a gravitação e aceleração como coisas distintas. Albert Einstein, 300 anos depois, demonstrou que ambos os fenômenos são aspectos diferentes da mesma força – a massa.

Assim, massa inercial é a resistência que um objeto oferece a qualquer alteração de seu estado, e massa gravitacional é a propriedade que um objeto tem de atrair outros.

A primeira calcula-se descobrindo a quantidade de energia necessária para dar certa aceleração a um objeto; a segunda se avalia simplesmente pensando o objeto na superfície da Terra.

A relação entre as duas é uma relação proporcional: quanto maior a massa, maior a energia necessária para mudar seu estado de repouso e movimento.

Gravidade da Terra

A gravidade é demonstrada pela notação g e o valor aproximado é de 9,80665 m/s². O valor é aproximado porque a Terra não é uma esfera perfeita e há pontos na superfície em que a gravidade varia.

Gravidade dos Planetas

A massa é diretamente proporcional à gravidade. Assim, quanto maior a massa, maior a gravidade exercida. Essa é a lógica para compreender a gravidade dos planetas.

A gravidade também influencia no peso. A força da gravidade faz com que o peso seja alterado de planeta para planeta. Já a massa é constante em todo o Universo.

 Gravidade em metros / segundo²
Sol273,42
Mercúrio3,78
Vênus8,60
Terra9,8
Marte3,72
Júpiter24,8
Saturno10,5
Urano8,5
Netuno10,8
Plutão5,88
Lua1,67

Gravidade na Lua

Como a Lua é bem menor que a Terra, sua força de gravidade também é menor. Logo, os corpos são atraídos com menor força para a superfície lunar. Na prática significa que lá, esses corpos pesam menos que na Terra.

A ação gravitacional da Lua e do Sol atua sobre a Terra, associada ao movimento de rotação desses corpos celestes, produzindo movimentos periódicos nos mares e oceanos.

A esses movimentos dá-se o nome de maré astronômica. A periodicidade da maré e sua magnitude variam de lugar para lugar em todo o Planeta.

Movimento das Marés

No Brasil, a maré enche duas vezes por dia e esvazia duas vezes. Há lugares em que a maré sobe e desce apenas uma vez por dia; e outros em que a maré varia dependendo da época do mês.

Em geral, os lugares em que a maré sobe e desce só uma vez por dia estão situados em latitudes acima de 50 graus norte e sul.

O ponto mais alto da maré cheia chama-se preamar e o mais baixo baixamar. A diferença entre esses dois pontos chama-se amplitude da maré.

As marés de maior amplitude, chamadas de maré forte, ocorrem perto dos dias de Lua Nova e Lua Cheia; e as marés de menores amplitudes ocorrem perto dos dias de Lua de Quarto Crescente e Quarto Minguante. Isso demonstra que as oscilações das marés se devem à ação da Lua e do Sol.

%d blogueiros gostam disto: