Predicação verbal

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Reddit 0 StumbleUpon 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Email -- Buffer 0 0 Flares ×

Predicação verbal é a forma de ligar o sujeito ao predicado da oração ou ao predicativo do sujeito.

De acordo com a predicação, os verbos podem ser classificados em:

  • verbos intransitivos
  • verbos transitivos
  • verbos de ligação

Verbos transitivos e intransitivos formam predicados verbais que têm como núcleo um verbo significativo. Verbos de ligação formam predicados nominais, juntamente com o predicativo do sujeito.

Verbos intransitivos

São verbos que apresentam sentidos completos. Como não necessitam de complementos que completem o seu significado, a conclusão da ação verbal não transita para um objeto direto ou indireto, porque começa e termina no sujeito da ação. Exemplos: nascer, morrer, viver, dormir, casar, chorar, etc.

Verbos intransitivos formam predicados verbais, ou seja, predicados que apresentam um verbo significativo como núcleo.

Exemplos de predicado verbal com verbos intransitivos:

  • O bebê da minha irmã já nasceu.
  • Eu chorei muito.
  • Meu papagaio morreu.

Análise sintática de predicado verbal com verbos intransitivos:

A criança caiu.
Sujeito: a criança
Predicado verbal: caiu

Verbos transitivos

São verbos que não apresentam sentidos completos. A conclusão da ação verbal transita para um objeto direto ou indireto porque os verbos transitivos necessitam de complementos que completem o seu significado.

Conforme os complementos que apresentam, os verbos transitivos são classificados em:

  • verbos transitivos diretos
  • verbos transitivos indiretos
  • verbos transitivos diretos e indiretos

Os verbos transitivos diretos apresentam como complemento verbal um objeto direto que indica o que ou quem sofre a ação verbal praticada pelo sujeito. Exemplos de verbos transitivos diretos: comer, querer, visitar, cortar, começar, ouvir, etc.

Os verbos transitivos diretos formam predicados verbais, ou seja, predicados que apresentam um verbo significativo como núcleo.

Exemplos de predicado verbal com verbos transitivos diretos:

  • Eu perdi o livro de história.
  • A bola quebrou o espelho.
  • O ônibus não atropelou o ciclista.

Análise sintática de predicado verbal com verbos transitivos diretos:

A menina comprou uma boneca.
Sujeito: a menina
Predicado verbal: comprou uma boneca
Objeto direto: uma boneca

Verbos transitivos indiretos

Os verbos transitivos indiretos apresentam como complemento verbal um objeto indireto que indica de que, de quem, para que, para quem… é destinada a ação verbal praticada pelo sujeito. Exemplos de verbos transitivos indiretos: obedecer, responder, acreditar, precisar, lembrar, saber, etc.

Os verbos transitivos indiretos formam predicados verbais com verbos significativos como núcleo.

Exemplos de predicado verbal com verbos transitivos indiretos:

  • Meu pai necessita de ajuda.
  • Não concordo com sua opinião.
  • Eu gosto muito de acarajé.

Análise sintática de predicado verbal com verbos transitivos indiretos:

O funcionário respondeu ao diretor.
Sujeito: o funcionário
Predicado verbal: respondeu ao diretor
Objeto indireto: ao diretor

Verbos transitivos diretos e indiretos

Os verbos transitivos diretos e indiretos apresentam dois complementos verbais: um objeto direto que indica o que ou quem sofre a ação verbal praticada pelo sujeito e um objeto indireto que indica de que, de quem, para que, para quem é destinada a ação verbal praticada pelo sujeito. Exemplos de verbos transitivos diretos e indiretos: agradecer, pagar, informar, emprestar, entregar, devolver, etc.

Os verbos transitivos diretos e indiretos também formam predicados verbais, apresentando um verbo significativo como núcleo.

Exemplos de predicado verbal com verbos transitivos diretos e indiretos:

  • Ele agradeceu a ajuda ao irmão.
  • Eu dei o livro ao meu amigo.
  • O pai não emprestou o carro ao filho.

Análise sintática de predicado verbal com verbos transitivos diretos e indiretos:

Eu contei o segredo ao meu marido.
Sujeito: eu
Predicado verbal: contei o segredo ao meu marido
Objeto direto: o segredo
Objeto indireto: ao meu marido

Verbos de ligação

São verbos que apenas ligam uma característica ou um estado ao sujeito. Assim, não transmitem ações. Exemplos de verbos de ligação: ser, estar, andar, ficar, continuar, parecer, etc.

Os verbos de ligação formam predicados nominais, ou seja, predicados constituídos pelo verbo de ligação e por um predicativo do sujeito que atribui uma qualidade ao sujeito.

Exemplos de predicado nominal:

  • Ana anda distraída.
  • Marcela é muito estudiosa.
  • Eles continuam bagunceiros.

Análise sintática com predicado nominal:

Felipe parece simpático.
Sujeito: Felipe
Predicado nominal: parece simpático
Verbo de ligação: parece
Predicativo do sujeito: simpático

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
%d blogueiros gostam disto: